28 de março de 2012

SUGESTÃO NO KIT DE QUARTA


Vamos curtir a sugestão das leitoras Luiza e Camila Freitas para esta quarta-feira de outono em Porto Alegre com ar de inverno.

27 de março de 2012

KIT: CAFÉ E COMPANHIA


Café combina com tudo. Com uma bela manhã, com o meu jornal, o aroma de café do vizinho, com boa leitura, com pão de queijo, com jogar conversa fora, com papo sério, filosófico ou descontraído, com restaurante de estrada, com pastel, com paisagem, com intervalo, com pausa, com a pauta do dia, com coffee break, com poesia e até com música...


Segue o blog...

26 de março de 2012

SOM DE PRIMEIRA NO KIT DE SEGUNDA




 

SEGUE O BLOG...

PORTO ALEGRE, UM MAPA

O Mapa



Olho o mapa da cidade
Como quem examinasse
A anatomia de um corpo...
(E nem que fosse o meu corpo!)



Sinto uma dor infinita
Das ruas de Porto Alegre
Onde jamais passarei...



Há tanta esquina esquisita,
Tanta nuança de paredes,
Há tanta moça bonita
Nas ruas que não andei
(E ha uma rua encantada
Que nem em sonhos sonhei...)



Quando eu for, um dia desses,
Poeira ou folha levada
No vento da madrugada,
Serei um pouco do nada
Invisível, delicioso



Que faz com que o teu ar
Pareça mais um olhar,
Suave mistério amoroso,
Cidade de meu andar
(Deste já tão longo andar!)
E talvez de meu repouso...


Mário Quintana



SEGUE O BLOG...

PORTO ALEGRE, UMA MÚSICA

PORTO ALEGRE É DEMAIS...

"Andar pelos bares
Nas noites de abril
Roubar de repente
Um beijo vadio."




SEGUE O BLOG... NO ANIVERSÁRIO DE PORTO ALEGRE, 240 ANOS.

25 de março de 2012

PORTO ALEGRE, UM POEMA




"Não me constranjo de sentir-me alegre,
De amar a vida assim, por mais que ela nos minta...
E no meu romantismo vagabundo


Eu sei que nestes céus de Porto Alegre
É para nós que inda São Pedro pinta
Os mais belos crepúsculos do mundo!..."
Mario Quintana




SEGUE O BLOG...AMANHÃ PORTO ALEGRE COMPLETA 240 ANOS.

24 de março de 2012

SOM NO KIT DE SÁBADO



Para curtir...


SEGUE O BLOG...

KIT MÚSICA E IMAGEM

                                               "UM DIA ESPECIAL"


SEGUE O BLOG...LEMBRANDO PORTO ALEGRE COM A BANDA CIDADÃO QUEM

23 de março de 2012

HISTÓRIA NO KIT

O blog segue fomando um "Banco de Palavras" encontradas nas crônicas do escritor David Coimbra. O texto a seguir foi elaborado com essas palavras e conta um pouco da história de Porto Alegre. Observe e veja a definição de cada uma delas ao final, sem ordem alfabética : inóspito, inócuo, urbe, supimpa, entorno, abalroar, alentada.


Você que anda pelas ruas de Porto Alegre, pelo seu bairro, talvez não lembre como a vida começou aqui na capital. Cada esquina, cada placa de rua, cita o nome de alguém que marcou nossa história. A rua Jerônimo de Ornelas, o bairro Azenha, ou por onde passe, guarda em seu significado uma história para contar, escondida no tempo. Imagine um lugar inóspito, à beira de um lago, habitado por grupos indígenas. Havendo pouco interesse pelas terras, de limites inócuos, desbravadores portugueses se estabeleceram perto do litoral, havendo estâncias ao norte da lagoa dos Patos e rio Jacuí.
Numa área conhecida como "Campos de Viamão" colonizadores fundaram um povoado que seria a primeira capital, mas também receberam terras no Morro Sant'ana, onde criavam gado. Entre eles, Jerônimo de Ornelas. Portugal então autorizou a emigração de açorianos. Junto a desembocadura do Arroio Dilúvio existia um ancoradouro. Algumas famílias arranchavam à beira do lago, onde hoje é o Centro Histórico, ali ergueram uma diminuta capela. Como apenas havia campo desabitado, cerca de 60 casais resolveram se estabelecer perto do porto, chamando de "Porto dos Casais". Pelo local estratégico de um porto, a capital mudou-se para a área da península e foi promovida à freguesia. Inicia-se a reorganização da urbe, agora promovida à província. Aos poucos, olarias, comércio local, praças e palácios foram estruturando o logradouro. Colonos desenvolveram a agricultura, com produção de trigo. Um famoso moleiro supimpa da época chamado de "Chico da Azenha", emprestou o nome ao bairro. Outros moinhos marcaram a memória dos porto-alegrenses, havendo atualmente um bairro chamado Moinhos de Vento. Também as charqueadas se instalaram na periferia cidade, atraídas pelo crescimento urbano. Com a proliferação dessas pequenas indústrias em seu entorno se agregaram habitações, que constituiriam as origens de alguns dos bairros, um pouco mais afastados do centro, como o Cristal e a Tristeza. E assim cresce a história da província, emaranhada e abalroada por atritos e revoluções, junto a um crescimento populacional  e cultural.
Ao longo de todo o século XX a cidade se empenhou em ampliar organizadamente sua malha urbana e provê-la dos necessários serviços, obtendo significativo sucesso.Enfrentando também várias dificuldades, ao mesmo tempo desenvolvia expressiva cultura própria, que chegou em alguns momentos a influir em todo o Brasil em vários campos, desde a política até as artes plásticas. Hoje Porto Alegre é a  herança de uma alentada população, que a tornou uma das maiores capitais do Brasil.




inóspito: inabitável
inócuo: inofensivo, que não faz dano
urbe: metrópole, cidade
supimpa: adjetivo que caracteiza algo ou alguém positivamente
entorno: circunvizinhança, meio-ambiente
abalroar: colidir, esbarrar
alentada: esforçado, valente

                                    



        SEGUE O BLOG...DIRETO DE PORTO ALEGRE.

                                                   

20 de março de 2012

SOM NO KIT DE TERÇA

TRILHA DE NOVELA
ALGUMAS MÚSICAS SÃO COMO AMOR A PRIMEIRA VISTA.
 LOGO QUE OUVIMOS, NOS APAIXONAMOS.
OUTRAS PASSAM BATIDAS.
SE GOSTAMOS, OUVIMOS VÁRIAS VEZES SEM CANSAR.
OUTRAS SEGUEM SIMPLESMENTE TOCANDO.
OUÇAM "JUST A KISS" COM LADY ANTEBELLUM E SE APAIXONEM. OU NÃO.


SEGUE O BLOG...

10 de março de 2012

SOM NO KIT DE SÁBADO

Nessa quente noite porto-alegrense, mais um pouco de Kid Abelha...



SEGUE O BLOG...

MEU BAIRRO E UM POEMA


Essa imagem da Av. Nilo Peçanha logo cedo, fez parte da paisagem de meu bairro numa manhã de sábado do mês de março em Porto Alegre, onde o calor foi a pauta do dia. A trilha sonora ficou por conta dos pássaros.
Lembrei de um poema de Quintana...


Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto;
alimentam-se um instante em cada
par de mãos e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhado espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...
Mário Quintana

Segue o blog nas manhãs do meu bairro...

8 de março de 2012

SOM DO KID ABELHA

KID ABELHA E BANDA EM PORTO ALEGRE:
 DIA 11 DE MARÇO, TEATRO DO BOURBON COUNTRY.
PODE CURTIR...




SEGUE BLOG...

5 de março de 2012

HORA DA LEITURA


"Agora meu pensamento voa livre e ágil. Como voavam há 70 anos, as gaivotas de Amsterdã, minha terra natal."
                                         trecho do primeiro capítulo de Sepé Tiaraju
                               Romance dos Sete Povos das Missões
                                        escritor Alcy Cheuiche


Segue o blog...

4 de março de 2012

DOMINGO ACÚSTICO


                                                                                             
SEGUE O BLOG...     

3 de março de 2012

AINDA BEM


Gostei dessa música logo a primeira vista, quando ouvi no rádio lá pelo mês de outubro do ano passado. A partir daí, não cansei de repeti-la e logo resolvi postar o clipe no blog , também sugerindo aos amigos. Agora a ouço na novela das 18 horas, fazendo parte da trilha sonora. Ainda bem.
.

 
Segue o blog...

2 de março de 2012

MINICONTO DE CAFÉ NA PRAIA


Meu café estava em férias...
Esteve firme na praia.
No café da manhã, lendo o jornal.
Depois da sobremesa, no almoço.
E no jantar, num supimpa café com leite.
Ele conta história em pedaços.
Lembrando que a vida guarda lembranças.
Entre um e outro aroma.



SEGUE O BLOG...

1 de março de 2012

ANTES E DEPOIS

ANTES:
PORTO ALEGRE ONTEM NO FIM DA TARDE...


DEPOIS:
E HOJE NO FIM DA TARDE...





SEGUE O BLOG DA CIDADE...